Transição de carreira e recolocação: Entenda as diferenças

transição de carreira e recolocação

COMPARTILHE!

Quando uma pessoa se depara com uma situação inesperada em que fica desempregada, por qualquer motivo que seja, é preciso identificar qual será o próximo passo para o retorno ao mercado de trabalho. Nessas situações há dois caminhos: transição de carreira e recolocação. A escolha vai depender de como a pessoa estava se sentindo no cargo anterior e de seus planos para o futuro.

Pensando em te ajudar a escolher um caminho, este artigo vai te explicar as principais diferenças entre transição de carreira e recolocação, além de citar os desafios e oportunidades de cada um desses caminhos. Quer entender melhor e saber qual decisão é a mais acertada para você? Continue a leitura!

O que é transição de carreira e recolocação?

Ao ficar fora do mercado de trabalho voluntariamente ou involuntariamente, e ser preciso retornar, o profissional deve refletir sobre seu cargo anterior para dar o passo seguinte. Isto é, a pessoa precisa refletir se estava feliz com o seu cargo e suas ocupações. A partir desta reflexão, ela tomará uma das duas decisões listadas a seguir.

Recolocação

Se a reflexão mostrar que está tudo bem, o profissional deve buscar um cargo semelhante ao que deixou, posto que está contente com os padrões que vivia. Satisfeito com todos os objetivos alcançados na vida profissional, a recolocação se torna uma opção coerente para se dar continuidade a experiência já desenvolvida.

Transição de carreira

Se ao olhar para trás e para o futuro entender que o ambiente de trabalho em que se encontrava não lhe proporcionava alcançar seus objetivos, talvez esteja na hora de optar pela transição de carreira. Isto é, agir para mudar de carreira.

CONTINUAR LENDO

Carreira

carreirarecolocação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *